-->

Halaman

    Social Items

O Governo da África do Sul ponderou a hipótese de importar preservativos da China. Porém, tal não vai ser concretizado. A razão é simples: é que os preservativos fabricados na China são demasiado pequenos para os africanos. Cerca de 11 milhões de preservativos era a quantia a ser importada pela África do Sul.
O Ministério das Finanças já tinha tudo tratado para que a empresa asiática Phoenurse fornecesse os preservativos para o país. Mas, na altura da encomenda, uma empresa rival, a Sekunjalo, revelou o pequeno detalhe de que os preservativos seriam de um “tamanho desfavorecido”, porque a empresa reduziu no tamanho para poupar no material e oferecer preços inferiores aos da concorrência.

Preservativos chineses muito pequenos para Africanos

O Governo da África do Sul ponderou a hipótese de importar preservativos da China. Porém, tal não vai ser concretizado. A razão é simples: é que os preservativos fabricados na China são demasiado pequenos para os africanos. Cerca de 11 milhões de preservativos era a quantia a ser importada pela África do Sul.
O Ministério das Finanças já tinha tudo tratado para que a empresa asiática Phoenurse fornecesse os preservativos para o país. Mas, na altura da encomenda, uma empresa rival, a Sekunjalo, revelou o pequeno detalhe de que os preservativos seriam de um “tamanho desfavorecido”, porque a empresa reduziu no tamanho para poupar no material e oferecer preços inferiores aos da concorrência.
Load Comments

Subscribe Our Newsletter