-->

Halaman

    Social Items

Sequestradores negam de enviar prova de vida e vazam informações que Shelton esta em cativeiro de 3 agentes da SERNIC

La vão quase dois meses desde que Shelton Lalgy foi raptado. Os sequestradores exigem valores absurdos mas negam enviar qualquer evidencia de vida do jovem cativo.
Em meio a incerteza, a margem das promessas dos serviços da investigação, Junaid Lalgy colocou a venda o seu patrimônio para resgatar o filho, o que ameaça a estabilidade da empresada família. Informações em nossa posse indicam quem ha 3 agentes da SERNIC envolvidos do Rapto eque Shelton esta em seus cativeiros. Nessa lista esta também envolvido o Ministro do interior, filhos de um antigo dirigente policial e mais uma gang operando a partir da BO, a Cadeia de Máxima Segurança da Machava.
Agentes estes que ate no momento ainda não se tem o seu nome em destaque ou em publico mais que se tem uma certeza exata do seu envolvimento rapto do filho de um dos empresários mais “internacionais” de Moçambique.
Passados mais de 57 dias desde que o jovem esta no cativeiro dos supostas sequestradores e agentes da SERNIC os mesmos não tem atendido a solicitação da família quando pede qualquer evidencia que confirme que o jovem cativo goza ou não de boa saúde. Quando pedem para falar com o jovem os sequestradores prometem provar, mas depois não cumprem com a promessa.
O resgate de Shelton esta envolvido numa encruzilhada de interesses pervesos, Algumas semanas passadas o Jornal CARTAMZ escreveu que esta também envolvido o Ministro do interior, filhos de um antigo dirigente policial e mais uma gang operando a partir da BO, a Cadeia de Máxima Segurança da Machava.
Shelton Lalgy de 30 anos de idade, que trabalhava na empresa do do pai foi sequestrado por volta das 6 horas do dia 28 de novembro, por desconecidos que faziam transportar numa viatura da marca Toyota Noah, cor bramca e sem chapa de matricula.

Fonte: http://bit.ly/36e4MQI
Load Comments

Subscribe Our Newsletter